83 anos de Dom Eduardo Koaik



Nosso bispo emérito Dom Eduardo Koaik, que reside na Paróquia Santa Cruz e São Dimas, celebrou na última sexta-feira (21 de agosto) seus 83 anos de nascimento, com missa às 07h30 na igreja matriz de Sta. Cruz e São Dimas, almoço em restaurante da cidade com presença de padres, diáconos, seminaristas, autoridades e amigos, e jantar com familiares em sua residência.

No dia 21 de agosto, nosso bispo emérito Dom Eduardo Koaik comemora 83 anos de vida. Ele foi o 3º bispo diocesano e dirigiu nossa diocese por mais de 22 anos, tendo realizado um profícuo trabalho pastoral e social. Em janeiro deste ano, celebrou 35 anos de ministério episciopal.

Dom Eduardo nasceu em Manaus, filho de Miled José Koaik e Helena Elias Koaik. Com cinco anos de casamento, a mãe ficou viúva e partiu com os três filhos de Manaus para o Rio de Janeiro, residindo no centro da cidade, na rua dos Inválidos.

Foi na escola “Arthur Fernandes”, no Bairro das Laranjeiras, que o menino Eduardo fez o primário. Com onze anos, ingressou no Seminário Arquidiocesano do Rio de Janeiro, onde cursou os antigos cursos ginasial e colegial. Terminado o curso de Filosofia, foi para Roma, onde cursou Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana. Em Roma, foi ordenado sacerdote no dia 8 de abril de 1950.

BISPO - O Papa Paulo VI nomeou-o bispo de Noba e bispo auxiliar do Rio de Janeiro no dia 22 de outubro de 1973. Foi ordenado bispo pelo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, arcebispo do Rio de Janeiro, no dia 6 de janeiro de 1974. Foi transferido para Piracicaba pelo Papa João Paulo II, em 7 de dezembro de 1979, tomando posse como Coadjutor com direito à sucessão de Dom Aníger Francisco de Maria Melilo e Administrador Apostólico “Sede Plena no dia 28 de fevereiro de 1980. A partir de 11 de janeiro de 1984, com a renúncia de Dom Aníger, tornou-se o 3o. bispo diocesano de Piracicaba.

MINISTÉRIO NA DIOCESE - Tendo como lema episcopal “Construir na Caridade”, Dom Eduardo administrou a Diocese de Piracicaba por mais de 22 anos. Construiu os seminários teológico, filosófico e propedêutico, ordenou 34 padres diocesanos e 33 diáconos permanentes. Criou 17 novas paróquias, 5 quase-paróquias e dois santuários marianos.

Para a formação do laicato, criou a Escola de Teologia para Leigos e a Escola de Catequese, que depois se tornou a Escola para Formação de Agentes. Em maio de 1.980 lançou o Boletim Informativo, órgão de comunicação da diocese. Introduziu na diocese as assembléias diocesanas, tendo presidido a 9 assembléias de planejamento e 9 temáticas. Como dimensão missionária especial da diocese, implantou, a partir de 1981, o projeto Igreja-irmã com a Prelazia de Coxim (hoje diocese). De 11 a 17 de junho de 2001, promoveu o 2º Congresso Eucarístico da diocese.

Desenvolveu as pastorais sociais, tendo criado diversos projetos e organismos. Em 25 de janeiro de 1988, criou a PASCA - Pastoral do Serviço da Caridade, com o objetivo de dar personalidade jurídica e administrar todos os projetos e trabalhos sociais da diocese.

BISPO EMÉRITO - No dia 15 de maio de 2002, a Santa Sé aceitou sua renúncia (por ter completado 75 anos), tornando-se bispo emérito, mas continuou governando a diocese como Administrador Apostólico até a posse de seu sucessor em 5 julho.

Terminado seu ministério à frente da diocese, continua residindo em Piracicaba, prestando sua valiosa colaboração. Como bispo emérito, ordenou mais três sacerdotes diocesanos.

Nenhum comentário: